terça-feira, 3 de março de 2009

Sobre o Blog- Mudanças Constantes


Qualquer pessoa que olhar este blog da forma como ele está agora provavelmente não vai entender o porquê de existirem postagens sem título, imagens ou texto.

Este é o meu modo de organizar as coisas.

Aos poucos as coisas mudam.

Fica esquisito mas, ao final de cada mês fica tudo organizado... Ou será que não?

Namastê!


 Isto é Real!

Star Wars- Brinquedos


Brinquedos de Star wars no Mais que lanche Feliz deste mês! São dez modelos e cada um com um efeito diferente. Fui comprar apenas o Darth Vader mas o lado negro da força me fez comprar mais quatro brinquedos sem o lanche (minhas artérias agradecem muito por isso). Li que órgãos do governo brasileiro estão militando para proibir os brinquedos nas rede de fast food, eu pessoalmente acho que se é pra proibir, que proibam a comida e não os brinquedos que podem ser vendidos separadamente.







C-3PO








Anakin Skywalker








Ahsoka Tano








Leia Organa








Stormtrooper








Mestre Yoda








Wicket, um maldito Ework








Padmé Amidala








Chewbacca








 Darth Vader

 
Há muito tempo numa galáxia muito distante...

Shortbus



Este é um post com interrogações ???, Geralmente antes de escrever algo no blog, costumo deixar as interrogações e falar sobre o tema em outro momento. Que tema são este? Aos poucos as interrogações vão sendo respondidas enquanto outras permanecem um mistério... Sei exatamente o que vou escrever por isso coloco a data certa para me lembrar.Mas só revelo no momento certo(o que eu não estou muito ocupado, geralmente) até lá tente procurar as mensagens secretas que deixei pelo blog, desafio descobrirem todas até a estréia do terceiro filme do Batman(se houver um terceiro filme).

Shortbus
Ano:
Diretor:
 

Ilustração- Vaqueira Roqueira




 Vaqueira Roqueira

Arte: Joseniz Guimarães de Moura

Vaqueira Roqueira

Insight Zine- Idéias de uma mente brilhante




Insight Zine- Idéias de uma mente brilhante

Roteiro
, Idéias, Textos, e Arte: Fernanda Kelly (Mulher Insight)

Capa: Joseniz Guimarães de Moura











Ilustração- Little Girl Blue




Little Girl Blue

Arte: Joseniz Guimarães de Moura

Little Girl Blue

Watchmen- O Filme




Finalmente assisti Watchmen no cinema, ia deixar para ir em um dia mais barato e menos movimentado no shopping, mas acabei indo no dia de estréia. No cinema, acabei encontrando o quadrinhista Marcos Guerra e foi legal porque tinha mais alguém além de mim que tinha lido a história para conversar sobre o filme. E que filme! Achei a abertura contando a história dos Minutemen ao longo dos anos muito foda! Tinham várias surpresas escondidas em cada cena dos Minutemen não captei todas na primeira vez que assisti, mas posteriormente consegui indentificar todas. Achei isto muito foda e seria mais legal ainda se tivessem outras referências visuais escondidas ao longo do filme como nos quadrinhos. Falando em visual, a fidelidade visual do filme com os quadrinhos está perfeita. Tanto nos cenários e objetos em cena como no figurino e maquiagem dos atores. Lembrei de outro comentário do Guerra: "O Coruja tem buchinho que legal!"

Silk Spectre no traço de Gibbons e nas curvas de Malin Arkeman

O elenco do filme foi bem escolhido, não há grandes estrelas que chamam mais atenção que os personagens e as atuações estão ótimas. Não tive a sensação de ver um ator tentando interpretar um personagem de quadrinhos e sim os próprios personagens da história. Achei todos os personagens bem interpretados dentro do conceito apresentado por Snyder para a adaptação da HQ de Alan Moore e Dave Gibbons.

O elenco de Watchmen

As músicas casaram muito bem com as cenas do filme e foram bem escolhidas. Achei perfeita desde a abertura com Bob Dylan até o encerramento com os miguxos do My Chemical Romance. Elas causaram sensações e intenções diversas em vários momentos do filme e cada uma delas tinha uma intenção ao estar lá. Acha que a música Hallelujah não tinha intenção de humor? Boa parte delas já estavam indicadas no próprio quadrinho como trechos de Bob Dylan e Ride of Walkyries (que no filme faz referência ao filme Apocalipse Now) no quadrinho a música é citada quando o Coruja faz o relato sobre Moe que trabalhava na oficina de seu pai (tanto no quadrinho como no filme as cenas são cômicas e trágicas ao mesmo tempo, achei muito foda esta sacada).

O Divino está chegando!(Referência ao Nerdcast) Apocalipse Now!

O Filme é o mais fiel de todas as adaptações para o cinema a partir de HQs de Alan Moore. Só isto já é um grande mérito! Seguindo um caminho diferente de V de Vingança, Watchmen é bem datado! Mesmo com as pequenas modificações no roteiro do filme, toda a contextualização política e histórica da história em quadrinhos de Alan Moore e Dave Gibbon está presente no filme. A Abertura mostrando o modo como o aparecimento dos vigilantes afetaram a história mundial já deixa bem claro isso, o finalzinho com o aparecimento de Fidel entregando os mísseis cubanos só reforça a idéia de terceira guerra mundial que vai acabar com o mundo presente na HQ de Moore. Toda a riqueza dos diálogos de Alan Moore estavam presentes no filme e para os que reclamaram da falta de ação tinham cenas Massa Véio!!!(Referência ao Blog Melhores do Mundo) com a assinatura de Snyder, com as câmeras acelerando e desacelerando no filme (o ruim destas cenas é que davam a impressão que todos os vigilantes tinham poderes). Como disse antes, os personagens estão bem interpretados. Já quanto a caracterização a história é um pouco diferente. De todos os personagens, o que mais teve uma caracterização diferente foi o Ozymandias. Enquanto no quadrinho, ele é apresentado como uma pessoa psicológicamente com um tom melancólico carregando um grande pesar consigo (que a gente só descobre o que é no final da HQ), no filme ele é indicado desde o início como uma espécie de vilão caricato e afetado sem tantas nuances como na HQ (mas como disse antes, esta era a idéia que o Snyder queria passar neste contexto e não é preciso ser o homem mais inteligente do mundo para sacar que ele tá fazendo referência ao filme Batman e Robin com estes exageros). O ruim disso é que algumas cenas perderam o impacto emocional como a a revelação de que ele é o assassino do Comediante e principalmente, a do "Eu consegui!!!", em compensação reforçou muito o impacto da cena onde ele diz que já tinha iniciado plano "Eu pareço um vilão de quadrinhos?".

Ozymandias e suas referências para o filme

Dentro das duas horas e tarará de filme algumas cenas como a do lamento do comediante ao Moloch falando sobre a lista e o bichinho de estimação poderiam ter sido cortados já que não havia muita referência à ilha e ao monstro e a cena da morte do primeiro coruja entre outras, como as relações entre personagens de Nova York poderiam ter sido inseridas na trama (dariam um impacto emocional bem maior). O final modificado, dentro do contexto dado por Snyder ao filme, funcionou muito bem para fechar a trama. No final das contas, dentro das duas horas e tarará de filme, Snyder apresentou bem o universo criado por Moore e Gibbons. Isto foi um pouco prejudicado por ele ter perdido o cabo de guerra com os executivos, o que ele fez com que ele cortasse cerca de uma hora de filme tirando a cena da morte do coruja e os Contos do Cargueiro Negro entre outras coisas mais chatas como deixar o filme mais mastigado para os leigos, mas ele soube se impor bem e apresentou um ótimo filme. Foi divertido conversar com o Guerra e ver a reação do público que apesar do estranhamento inicial, ficou interessado em conhecer mais a HQ de Moore e Gibbons (Este é outro grande mérito do filme). Mesmo sem a aprovação de Moore e de seus "fãs" ele foi cavalheiro o bastante, para permitir que o filme fosse realizado (embora a Warner tivesse um problema jurídico com a Fox) e que todo o crédito fosse para Dave Gibbons, que ficou diretamente envolvido com o filme. Watchmen foi um ótimo filme mas, ao sair do cinema, fiquei com a sensação de que faltou algo para o filme ficar mais completo como a HQ.


 
Watchmen- O Filme
Ano: 2009
Diretor: Zack Snyder



Watchmen- HQ



Este é um post com interrogações ???, Geralmente antes de escrever algo no blog, costumo deixar as interrogações e falar sobre o tema em outro momento. Que tema são este? Aos poucos as interrogações vão sendo respondidas enquanto outras permanecem um mistério... Sei exatamente o que vou escrever por isso coloco a data certa para me lembrar.Mas só revelo no momento certo(o que eu não estou muito ocupado, geralmente) até lá tente procurar as mensagens secretas que deixei pelo blog, desafio descobrirem todas até a estréia do terceiro filme do Batman(se houver um terceiro filme).

Watchmen 1

Watchmen 1: À meia-noite, todos os agentes...
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 2

Watchmen 2: "Amigos ausentes"
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 3

Watchmen 3: O juiz de toda terra
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 4

Watchmen 4: Relojoeiro
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 5

Watchmen 5: Temível simetria
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 6

Watchmen 6: O abismo também contempla
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 7

Watchmen 7: Irmão dos dragões
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 8

Watchmen 8: Velhos Fantasmas
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 9

Watchmen 9: As trevas do mero ser
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 10

Watchmen 10: Dois cavaleiros estavam se aproximando...
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 11

Watchmen 11: Contemplai minhas realizações, ó poderosos...
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons

Watchmen 12

Watchmen 12: Um mundo forte e adorável
Roteiro: Alan Moore
Arte: Dave Gibbons


Watchmen( Ed. Abril 6 edições[1988-1989], 12 edições[1999], edição encadernada [1989]; Ed. Via Leterra 4 edições[2005-2006]; Ed. Panini comics 2 edições e edição definitiva [2009])

Alan Moore e Dave Gibbons comemorando Watchmen
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...