terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Frozen- Uma Aventura Congelante



Hoje assisti Frozen- Uma Aventura Congelante. Pois é! Ao que parece sempre começo o ano vendo alguma animação. Cheguei bem na horinha que começou o filme (perdi a animação do Mickey, mas tudo bem acho o Pateta dez vezes mais engraçado que aquele rato).

 
 Depois vou dar uma conferida em Get a Horse!

A primeira referência que tenho ao ver o filme é Enrolados pois o filme é atual e ao mesmo tempo é como um clássico das princesas Disney (o fato dos criadores de Enrolados estarem envolvidos fez a diferença pois existem outros elementos em comum nas duas animações).

Existem diversas semelhanças entre Frozen e Enrolados

Apesar da semelhanças Frozen é bem melhor executado que Enrolados (e o fato do Luciano Huck não estar na dublagem brasileira ajudou muito). Não há como negar, este é definitivamente um filme clássico da Disney! Tem princesas, tem uma boa história e as cantorias que acompanham a trama. E a trama? Ela tem como base a história do livro The Snow Queen de Hans Cristian Andersen com muitas adaptações até chegar em algo com um discurso atual mas, com o clima de Conto de Fadas.

Arte de Vladyslav Yerko para o livro The Snow Queen de Hans Cristian Andersen

A história apresenta a história de duas princesas: Anna e Elsa. Anna é bem sonhadora que nem aquelas princesas Disney que querem  logo casar com o primeiro cara que aparece. Elsa tem poderes congelantes (como a origem disso não é explicada na história, ela só pode ser mutante).Até que um dia Elsa quase mata a Anna usando seus poderes congelantes. Como não tinha Escola para Mutantes Superdotados do Professor Xavier na história os pais decidem isolar Elsa de todo contato humano para conter o seu poder. Seguindo conselho de Trolls (olha só de quem eles seguem conselho) também decidem apagar a memória de Anna sobre os poderes de Elsa. O tempo passa, os pais das princesas morrem e Elsa está prestes a assumir o trono do reino.

Se o Professor Xavier estivesse em Frozen a história ia ser diferente

Como ela não foi educada pelo Professor Xavier as coisas saem do controle e Elsa deixa o reino de Arendelle em um mundo de frio eterno. Eu particularmente odeio a cantoria das animações Disney com musiquinhas a todo o momento. Mas achei bem legal a música de Let it Go (que fica bem em qualquer língua) que serve bem para pontuar a despedida de Elsa (algo do tipo eu não preciso de minha irmã, o trono e o reino eu tenho poderes e sou auto-suficiente!).

video
 Let it Go em várias línguas

Anna vai em busca de Eliza e vive altas aventuras e as mais loucas confusões neste reino congelado. O legal da história é que ela é previsível até certo ponto. Ela leva a crer que é mais uma daquelas animações Disney em que a princesa casa com o príncipe em um "Viveram felizes pra sempre" mas existem ótimas reviravoltas na trama. E o conceito de amor verdadeiro é bem diferente na animação. Aliás uma ótima animação com um visual muito legal e uma boa narrativa. Todos os personagens cumprem seu papel na trama e são bem trabalhados. Até o alívio cômico Olaf funcionou na animação sem tirar o foco da trama principal e das protagonistas da história.

 Mas o quê? Me explica uma porra dessas bátima!

Acho o discurso da animação mais feminista e de acordo com a realidade atual. Deve ser por isso que curti tanto em assistir e considero a animação mais ousada da Disney devido ao seu conteúdo bem progressista (e ainda mantendo aquela atmosfera dos clássicos Disney)!

Frozen- Uma Aventura Congelante
Ano: 2013
Diretores: Jennifer Lee e Chris Buck

2 comentários:

Paola Sánchez disse...

Frozen em minha opinião é o melhor histórias que a Disney tem apresentado nos últimos tempos. Eesta personagens são muito bonito, por exemplo Olaf, na voz do ator Josh Gad, que como vemos no recente filme Padrinhos Ltda. Sem dúvida, essa história veio para conquistar os corações de crianças e adultos.

Joseniz disse...

Concordo Paola Frozen é realmente uma das melhores animações da Disney apresentada atualmente ao público. Vou dar uma olhada no filme que citou com o Josh Gad e depois falar por aqui. Valeu pela dica

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...